Não poderiam ter escolhido cidade melhor para construir a Eurodisney. Apesar da Disneyland Paris não ficar exatamente em Paris, mas a cerca de 35 minutos da cidade luz, o brilho desta cidade fascinante ajudou a inspirar os “imagineers” da Disney na criação de um dos mais belos parques temáticos no mundo. Combinar  o esplendor e a grandeza de Paris com a diversão da Disney pode resultar em uma viagem inesquecível. Paris é uma cidade a ser descoberta. Tem muitas camadas, assim como um parque da Disney. Você pode conhecer os pontos principais e ter uma experiência muito legal. Mas a recompensa mesmo vem quando você mergulha de cabeça e busca os detalhes.

Atrações

Arco do Triunfo

É considerado o ponto nevrálgico da cidade, a maior rotunda do mundo, na qual convergem 12 avenidas. A sua construção foi encomendada por Napoleão em 1806 com a finalidade de comemorar as suas vitórias. O mirante no terraço está aberto ao público.

Centro Georges Pompidou 

É o centro de arte contemporânea mais importante do mundo, da autoria de Rnzo Piano, e foi um dos primeiros a tomar a iniciativa de criar um espaço de exposição para a arte actual.

Torre Eiffel

Deve o seu nome a Gustave Eiffel,e tem 324 metros de altura, incluindo a antena de televisão do seu ponto mais alto. Tem três níveis abertos ao público. Os elevadores levam às três plataformas, a primeira a 57 metros, a segunda a 115 metros e a terceira a 276.

Notre Dame 

Não é só uma obra mestra da arquitectura gótica francesa. Do interior destacam-se as três espectaculares rosáceas, a maior de todas tem 10 metros de largura, situada na fachada ocidental, por cima do órgão de 7800 canos.

Museu d’Orsay

Instalado numa antiga estação de comboios nas margens do Sena, expõe todas as obras criadas entre 1840 e 1914, incluídos os movimentos impressionistas, pós-impressionistas e Artr Nova. No nível superior, iluminado por uma clarabóia, encontram-se as obras de: Monet, Degas, Rendir, Pisarro, Sisley e Manet, assim como as de Van Gogh, Cézanne, Seurat e Matisse.

Hotel dos Inválidos 

Foi construído na década de 1670 por ordem de Luis XIV. Mais do que um edifício, é um conjunto de edifícios. A sul encontram-se a Igreja Saint Louis des Invalides e a Igreja do Dôme ou da Cúpula, com a sua resplandecente cúpula dourada. Esta basílica está considerada como uma das melhores construções religiosas do reinado de Luis XIV, e em 1840 recebeu os restos mortais de Napoleão.

L’Opera de Paris ou Palais Garnier

Foi desenhado em 1860 por Charles Garnier para mostrar o esplendor da França de Napoleão III. O Palais Garnier alberga também o Museu da Ópera que contém uma quantidade de documentos e objectos antigos, de grande interesse.

 

Fotos de Paris